sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

A Cerimônia do Chá - Chá Oolong ou Azul e o Chá Tarry Lapsang defumado

 
 Alguns chás adquiridos na Loja do Chá - Teeladen, na Vinte e Quatro de Outubro.
 Esse é o Oolong Tradicional um chá semi fermentado e semi oxidado, oolong é como se fosse uma mistura entre o chá verde e o chá preto. Mas é mais do que isso, é enrolado à mão, tem um sabor suave e cítrico.

Alguns chamam-o de Chá Azul, mas eu não gosto de chamar o chá por cores. Prefiro os nomes originais. O Chá verde, por exemplo, tem vários nomes, o Bancha, o Matcha, o Sencha, são chás de regiões e países distintos e cada um recebe uma denominação conforme a região e o tipo de fabricação. Com o nome original, podemos pesquisar mais a respeito de sua origem.
Folhas do oolong, vão se abrindo em contato com a água.



  O aspecto do chá oolong, ele é verde e tem um sabor mais semelhante ao chá verde.


  As folhas do Chá oolong após o preparo

 Esta é a amostra grátis que recebi do chá verde tradicional chinês China Lung Ching de 1º Grau
 Suas folhas são pressionadas contra uma panela de metal, por isso esse formato. Cultivado na Província de Zehjiang.
 As folhas são cheirosas e delicadas. O sabor é parecido com o Matcha. Só que bem mais bataro.
Este é o Tarri LapSang SouChong 拉普山小種, que significa "pequena planta em Lapu Mountain". É o chá defumado chinês, já falei dele inúmeras vezes. Ele é o chá dos veganos, pois pode ser usado como tempero para o feijão. E é uma ótima fonte de saúde.
É cultivado em Fujian, e pode ter sido o primeiro chá preto da história. Tenho um post sobre ele aqui no meu blog, com pesquisa sobre sua origem. Leia neste link: http://desobedienciavegana.blogspot.com.br/2014/06/um-cha-para-temperar-o-feijao.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...