sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Blasfêmia! A arte urbana e os atos contra as divindades

 Um Anônimo saiu por determinada região da cidade colando estes recados. Qual seria sua intenção?
 Eu fiz algumas fotos, pois sempre ando fotografando arte urbana.
 Curiosamente, semanas depois, na mesma área, alguém com boa unha, havia arrancado todos eles.
 Outros tipos de arte urbana, até mais "perigosas" não são arrancadas. Mas a blasfêmia ainda continua sendo o mais terrível pecado que alguém possa cometer. Talvez por que ninguém entenda nada de política e ignore totalmente qualquer coisa sobre Direitos Humanos, é que outros cartazes ferinos ainda estejam colados às paredes.
  Mas uma simples frase escrita a caneta, contra um deus, provoca a ira de qualquer um, que chega a sair à rua com as unhas afiadas, facas, qualquer coisa, a fim de limpar o santo nome de seu deus.
 Cuidado, antes de profanar contra as divindades. Elas, não farão nada contra vocês. Mas quem sabe o que farão os seu fiéis, tomados pelo ódio. 
Estes mesmos que disfarçam sua raiva sob a capa de gente "zen", de paz com a vida, cheio de boa vontade, coisa mais linda. Mas que vive surtando com todo mundo. E que não aceita que você tenha sua opinião sobre religião ou sobre qualquer coisa.
  Esse sujeito, essa mulher, que escreveu essas coisas aí, lhes parece meio desequilibrado? Para mim não. Não me parece nada mais diferente de muitas pessoas com quem conversei, que me falam coisas parecidas, mas com um véu muito mais "coerente" e mais bonito. Mas isso é conversa para anjos dormirem.
 E não pensem que eu escapo disso não. Também tenho meus delírios sim. Mas sei bem que eles não passam disso. E os coloco no seu lugar, no seu precioso e lírico lugar.
Puxa! Eu adoro telefones públicos. Tenho cartão telefônico e uso quando encontro um que ainda funciona. Que lástima este estar desta forma!!!! Como é lamentável a cabeça do brasileiro quando trata as coisas públicas desta maneira...Ninguém aqui entendeu o conceito de Estado. E age como se ele fosse ainda um Pai, o velho patriarcado.
Alguém disse que talvez seja apenas um deboche, um maluco que tenha dado boas risadas com tudo isso. A "maldade" está realmente, nos olhos de quem vê.
 





 Adesivos encontrados na região do Shopping Total - Porto Alegre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...