domingo, 15 de fevereiro de 2015

Chaves - O chiclete que grudou no Chapéu

 Mais uma surpresa para minha simples coleção de coisitas do Chaves e Chespirito. Um álbum de figurinhas de chiclé do Chaves. Estava no centro da cidade e fui numa "distribuidora de balas", assim a gente chamava quando criança, aquelas lojas de doces onde tudo era vendido em quantidades e, mais baratos... E, ali dentro era tudo cheiroso!!!! Um cheirinho de doce delicioso! Eu, francamente, não sou de doce. Não sou viciada em chocolate, não como chicletes, não mesmo. Mas naquela época sim, quando criança, tudo a gente quer... E, para quem não sabe, "Eu era pobre", é uma frase que eu sempre digo, de brincadeira e quando alguém vem com muita crítica sobre o que nunca viveu.
Essa frase é inspirada em um episódio do Chaves e tem muito de verdade.
 Fui na loja de doces procurar chocolates veganos pois, não sou viciada em chocolates mas é claro que aprecio um bom pedaço deles e, amo rapaduras...E daquelas de armazém. Coisa que não existe mais por aqui.
Lá nesta loja, tem um pote grande com várias dentro, super barata. São veganas, amendoim e açúcar somente. E, para minha surpresa, encontrei uma caixinha destes chicletes do Chaves!

Os chicletes foram originalmente feitos de resinas vegetais. Há relatos de que foram inventados justamente no México, com resinas de árvores nativas. Hoje ele é feito com borracha de petróleo misturada com resinas naturais, como as de árvores propriamente ditas, (sim, existe chiclete orgânico, uma marca mexicana) e mesmo ceras de abelhas (portanto nem todos os chicletes são veganos, sim senhores).
 Na caixinha dos dois sabores, estava uma caixa postal, escrevi para lá pedindo o álbum. Contei na carta que era fã, conhecia o Kiko e a Chiquinha pessoalmente, etc. Um mês depois recebi meu presente...
 E, distribuí os chicletes para amigos que vão guardando as figurinhas para mim. Vou colando aqui.
Parte da renda sempre vai para a Fundação Chespirito de apoio às crianças. Toda a renda da venda de materiais com a marca de Chespirito é revertida para a fundação.  Aqui neste link: http://desobedienciavegana.blogspot.com.br/2013/05/adote-o-chaves-fundacao-chespirito.html tem pirulitos do Chaves e a história da fundação.
Fiz várias fotos. As estampas são muito bonitas. Abaixo, uma delas, que é um contraste super legal. Adoro este tipo de ilustração. Já pensou uma camiseta assim?


 Pessoalmente não gosto do Chaves Animado. Embora os personagens sejam ternos, o desenho em si descaracterizou totalmente o encanto do seriado antigo. Tipo, Chaves não tinha brinquedos no seriado antigo, mas no desenho ele aparece de par a par com as outras crianças e ele vive situações completamente distintas, meio irreais. Parece que hoje, nada pode ser "constrangedor" e tudo tem que ser meio delirante para ter graça.
Os desenhos atuais, na real, são para um tipo de criança que, sei lá, acho que nasceram para não se emocionar.
Chavito com seu sanduiche de presunto.
Leiam o que achei sobre o desenho, mais motivos para eu não gostar (não vi ainda os capítulos, os que vi não gostei, de modo que estou lendo sobre eles ainda.):
  • No episódio "Procura-se" o Sr. Barriga diz que não gosta de animais por ter alergia chegando a proibi-los na vila, porém na versão original Sr. Barriga não demonstra isso inclusive reclamando da proibição que a Dona Florinda faz em um episódio, além de em outro mencionar que é protetor dos animais.
  • No episódio "O Dinheiro Perdido", é mostrado em um flashback Jaiminho sequestrando um cãozinho e depois o devolvendo à Nhonho em troca de dinheiro aparentando ser dele o que é estranho, pois o Sr. Barriga tem alergia a animais como mostrado em "Procura-se".
 
Depois de ler e estudar o desenho, se por acaso vir a gostar deles, desobedecerei as ordens por aqui! Ainda estou baixando os episódios de Chaves. Chespirito é minha paixão, portanto, sem pressa.
Por exemplo, eu não curtia muito Los Chifladitos, outros dos personagens de Chespirito, mas quando comecei a assistir e estudar mais a fundo, me apaixonei.
Los Chifladitos, toda una vida de locura

Se você clicar nesta foto verá o site da fundação e a mensagem dizendo que parte da renda é revertida para as crianças.
 


 
meu cantinho de ver Chespirito, meus amados personagens...
Eu e minha flor de jasmim preferida...

Para meus leitores e fãs de Chaves, um episódio: O chiclete que grudou no Chapéu 1976

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...