quarta-feira, 19 de março de 2014

Meus chás e minha vida gótica

Encontrei imagens lindas nas minhas pastas góticas lúgubres e estou organizando minhas músicas que se perderam com o tempo, raridades que eu tinha mas que emprestei e hoje só tenho em mp3, alguns CDs eu doei, outros nem sei onde foram parar. Minha relação com música é estranha. Eu me esqueço de ouvir. Não sei explicar. Quando me dou conta, estou a um tempão sem ouvir música, gosto mais de ouvir rádio. Meu MP3 Sony é maravilhoso. Tem um som de cristal. Está cheio de sons ótimos e coisas lindas que meu marido colocou para mim ouvir, mas sempre esqueço. Deve ser alguma falha da minha mente maluca...
Gosto de fotografar. Fui para o interior e fotografei os cemitérios de lá. Fiz algumas fotos legais. Acho importante produzir conteúdo para mostrar, mas gosto de admirar estas raridades como nosso deus Elvis tomando chá...
Estes chás eu comprei no Lubnan, restaurante que tem uma rodada vegana, a pedido nosso, pois somos clientes vip de lá, a muito tempo. Somos sempre muito bem atendidos. E o chá deles é muito interessante. O café, mais ainda. No estilo árabe verdadeiro.
Esse é um chá misto de flores de todos os tipos, rosas, tílias, calêndulas, prímulas e todo tipo de flores mimosas, por isso o gosto é neutro. Mas é muito bom. Tem pedrinhas de açúcar que eu, muito bruta, achei que fossem pedras de cristal e as separei e coloquei no sol.
No outro dia as formigas estavam felizes da vida, ao redor dos cristais - de açúcar. Deixei, pois elas merecem também comer!
 É lindo!
 O chá também possui folhas e raízes, no que é um complexo de energias positivas e delicadas...
 Vou comprar mais um para presentear minhas amigas...e guardar nas minhas latas chinesas...
 O vidro é uma lembrança da mãe.
Aqui está o chá de cavalo. Sim, por que tem essa cara de cavalo na caixa. Mas, embora tenha essa caixa, não me aguentei a curiosidade e comprei. É um chá do Ceilão, um chá preto, como o chá ao lado, o Tupi, que eu adoro! Só que o Tupi é baratex, custa R$3,40 e é produzido aqui mesmo. E o do Lubnan custou os olhos da cara. Da minha cara, não a do cavalo, claro está!
Aqui está o chá do Ceilão. Ele é de sabor médio para forte, como eu gosto. Prepara-se mais ou menos com uma colher de sobremesa, ou uma colher rasa de sopa das folhas. Para ficar fraco basta colocar mais água, ou colocar menos folhas.
 Com um chocolate vegano fica muito bom também...
 
Estou lendo muito nesse período... em breve mostrarei o quê.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...