quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Uma pin up em função doméstica

Arrumando as malas para ir para praia, cortei uma bermuda e resultou nesse short super legal... a moda agora é que fique todo desalinhado, segundo minhas novas tendências... eu que dito né...
Essa blusa de borboleta que estou separando para usar é do brechó da Isis, era da Ana Roberta, que a Rosanne doou para o brechó... é novinha e ficou linda em mim! Amanhã estou embarcando para ver o mar.
Não sou de levar muita bagagem. Neste caso, esta viagem será para buscar algumas memórias.
Minha maleta de mão de bolinhas. Adoro! Cabe de tudo lá dentro, até meu rádio de ondas curtas.
Na praia gosto de ouvir rádio e captar coisas estranhas pelas ondas curtas.
Eu me desabituei de usar salto. Uso-o se for para fazer um agrado para o marido ou em uma ocasião muito especial. Me sinto maravilhosa com salto, mas não tenho costume de torrar meus pés com sapatos altos.
Acabei deixando em casa um par de botas, uma sandália super alta e outra transparente. E acho tudo lindo demais, pode crer.
E na rua só uso tênis. No dia em que coloquei meus pés num tênis foi como conhecer o paraíso. Só tem o prazer de me ver de salto quem merece.
A mulher acaba perdendo o costume de se arrumar em casa. Só se for as outrass.
Eu não, adoro maquiagem, me pinto toda, adoro usar lápis preto. Batom vermelho e também rímel, mas não fico muito tempo de maquiagem. Não gosto dessa mania de viver de pijama, de parecer uma velha acabada, dessa coisa de vida de casa que as pessoas acabam 'contraindo'.
Não uso roupa velha em casa. Nem tenho roupa de usar em casa. Minhas roupas são as mesmas de sempre, em casa e na rua. Não deixo nada para depois.
  E nada de roupa para esconder o corpo. Não tenho nada para esconder, se tivesse, mostrava ainda mais. Porque nada melhor do que chocar os que gostam de etiqueta de moda.
A casa tá mais arrumada, fico feliz quando mudo as coisas... mas eu adoro bagunçar tudo e ver a  casa um caos, não estou nem aí. Pisar no meio da bagunça e perguntar: E aí? Por mim, tudo bem....

Pois é, eu mudei. Depois do insuportável, arrumo tudo de novo. Do caos à ordem, mas nem tanto, pois não faço nada sozinha.
E faz muito tempo que não aceito conselhos de ninguém. Tipo levante cedo/arrume a cama.
Depois de ver o caos revirando tudo ao meu redor, mudo as coisas de lugar, e tudo volta a tomar forma.
E uma ilusão de poder se instala. Pronto, está tudo arrumado... isto se chama minha casa...





3 comentários:

  1. Adorei a blusa de bolinhas! Ando "namorando" muitas coisas de bolinhas... preciso urgentemente fazer essa tal de limpeza de final de ano... Morava com meu marido num apê, mas depois que meu pai faleceu fomos morar com minha mãe, e em casa tem muita coisa acumulada, principalmente roupas, mas muitos objetos também. Acho as mulheres seguras de si lindas, eu não tenho muito o costume de me arrumar quando estou em casa, normalmente coloco a coisa mais confortável que tem ( leia-se pijama hehehe), mas mesmo quando estou em casa, adoro usar um creme, perfume, ando me sentindo linda demais, até de pijamas! E isso é maravilhoso! :) bjuuuus!

    ResponderExcluir
  2. Adoro como sempre ler suas postagens. Em especial nesta postagem o trecho em que fala sobre colocar salto em casa para o marido, é importante valorizarmo-nos para eles :D

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...