terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Economias entre amigas - o papel do masculino e do feminino no dinheiro e nas finanças

Falando de economias
Sou leitora de um blog português que ensina a poupar. Adoro os blogs portugueses e leio alguns a muito tempo, mesmo antes da crise em Portugal ficar um tanto mais grave. Conheci uma portuguesa que fugiu da crise um pouco antes do estouro. Ela veio para cá, antes do boom brasileiro... Ainda era comecinho do governo Lula e todo o sucesso e reconhecimento aqui e no mundo. Nosso povo sem memória não lembra muito bem o que é viver em épocas mais remotas, onde era dureza mesmo, não ter nada no armário, ter inflação, contar moedas e viver na penúria. Hoje a juventude nem sabe o que é desvalorização da moeda e no Facebook, falar de política é postar aquelas figurinhas reaças que todos nós conhecemos. Uma total falta de conhecimento político. E olha que eu não tenho partido viu? E tenho bastante críticas à esquerda, apesar de detestar a direita. Merdas para cá e merdas para lá e também no meio, há muitas mudanças boas e o país está muito bom e bonito. Dá muito orgulho viver aqui. Hoje pode-se poupar no Brasil. A grana tem valor.
Quando vejo amigas se unindo para emagrecer fico pensando, que legal, por que a gente não pensa em se unir também para economizar?
De quebra, deixamos de comer besteiras e guardamos uma grana para tirar umas férias legais ou comprar um bom livro...

Eu sou fraca para me manter na economia em todos os momentos... mas meu forte é sempre comprar à vista. Não gosto de parcelar nada... me sinto escrava dos outros... e acho que é o melhor a fazer.
Só parcele o que for caso de saúde. Algo relacionado ao seu estudo ou moradia.
Ou, quiçá, uma viagem tão sonhada, mas além disso, evite mesmo....
Pois o valor que você paga à vista é seu dinheiro valorizado. É você vendo as notas saírem do seu bolso e também ver descontos que pode conseguir nas compras.
Além de tudo, ter uma vida frugal pode lhe render um emprego menos massacrante, uma escolha profissional interessante. Pois tem gente que trabalha para pagar conta, para pagar um estilo de vida que não pode ter. Ou para ter um estilo de vida para mostrar aos outros.... isso é triste e não é você. Seja você.

A mulher tem um futuro negro em se tratando de finanças. É o que diz o livro Complexo de Sabotagem, de Colette Dowling. O livro é espetacular. E fala das mulheres que passam a vida gastando em bobagem e chegam na velhice tendo que ser sustentadas pelos filhos (algumas fazem filhos para isto). Sem ter uma atitude de auto suficiência e maturidade. Dependente dos homens, não assumem o aspecto financeiro da vida, atribuindo valor masculino ao dinheiro.
Escutem o conselho da bruxa velha,

o 'Dinheiro' é masculino? Então, a 'Grana' é feminina! Peguemos a grana e coloquemos no bolso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...