sexta-feira, 8 de novembro de 2013

A decoração da desobediência

 O legal é descobrir que você não precisa fazer o que os outros te dizem. Com a casa é assim. Não faço 'reforma'. Não pinto, nem lixo, nem compro, nem troco.
 Aprendi com minha mãe a organizar e decorar com as coisas que se tem. De vez em quando compro uma coisinha de brechó, ganho outra coisinha ali. Uma casa deve ser um lugar especial, bonito e usável. Detesto casas perfeitas. Entendo quem goste e, pode ser muito bonito, mas na casa dos outros...
 O banheiro é assim mesmo. Adoro ele!
 É permitido ser infantil, desde que se tenha maturidade. Assim como pode-se ser mulherzinha, desde que possa retornar ao seu estado natural, que é ser uma mulher madura e inteligente. De modo que adoro meu urso que repete tudo o que digo quando o aperto na barriga. Ele é um presente de uma amiga que adoro! Adoro meus brinquedos do Chaves e Chapolin, adoro ursinhos e decoro a casa com eles. Quando canso guardo tudo.
 Amo a sala. É nela que leio, descanso, faço refeições, tomo meu chá de todas as horas, medito e faço alguns exercícios. Também vejo todas as noites Chaves e Chapolin e outras coisas no laptop. Ouço rádio e brinco com os gatos... é o coração da casa? Talvez.
 Vivo mudando tudo de lugar. Encontro novos cantos, novas formas... Essas fotos já são velhas, pois a decoração já mudou muito.
 Adoro janelas e sacadas... Amo ver a casa dos outros... acho interessante a maneira como as pessoas se organizam dentro de sua bagunça... pois é muito raro ver uma casa super arrumada, embora as revistas e sites te façam acreditar nisso. Te fazem crer que só você é desorganizado, bagunçado, etc... Com tudo é assim não?
 Mas eu me libertei de muita coisa, não peço muita opinião, nem para me vestir, nem para morar.
 Fiz uma decoração de natal para a casinha dos gatos, mas já mudei tudo de lugar. Agora a casinha está no quarto. Eles adoram quando as coisas mudam, gostam de ficar em lugares novos da casa... quando estou tirando algum móvel do lugar, eles vão sempre por perto para investigar e entram numa gaveta, num cantinho, são como eu...

Este é o meu cantinho da alegria...meus queridos personagens do Chaves e Chapolin...Aprendi a rir com eles... em muitos sentidos... de mim mesma, da vida, da cobrança exagerada, da exigência de que tudo seja correto e perfeito... Não é. Até no humor temos que ser um pouco torpes.

2 comentários:

  1. Amei Ellen..teu cafofo é lindão..tu és muito organizada!!!bjs

    ResponderExcluir
  2. Adoro ouvir isso,na verdade ler...Uma casa de verdade,sua,do seu jeito,como você gosta e quer.Pra mim casa linda e perfeita e só na hora da foto e olha lá,a gente ajeita bonitinha e tira,mas de modo geral e sempre uma bagunça mesmo.
    Eu uso sofá,sempre tive,mas na minha casa de Goiânia eu tenho uma Sala de TV,nela eu só gosto de Colchões,travesseiros,brinquedos da Maitê...Como me faz falta.
    Aqui e pequeno,um corredor minha sala,e não tenho espaço nem para os sofás,mas puxo tudo do lugar,mudo tudo sempre,até gostar.
    Amo Chaves,marido,Maitê...Chorei quando vi a entrevista dele tão velhinho.
    Sabe Ellen que sua casa passa uma leveza,uma luz,uma paz....Você ainda ha de ser muitoooo feliz amiga....Muito feliz nesta vida.
    Bjus
    Deusa
    Vasinhos Coloridos

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...