quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Paisagens, rádio e comida vegana!

Igreja Nossa  Senhora de Lourdes. No centro do vitral, o símbolo dos Templários.
Não vivo sem meu rádio ondas curtas. A lua estava linda e consegui sintonizar uma rádio de números em espanhol, que exatamente às 4h da manhã, dizia uma sequência de códigos em números, que mudava diariamente. Falarei mais desse assunto em outro post.
A comida vegana foi preparada por nós durante todo o tempo. E até eu cozinhei!
Polenta da nona...
Risoto com arroz arbóreo e com azeitonas pretas.
Salada de cebola da nona, para acompanhar a polenta.
Molho de tomate com pimentões coloridos e batata, feito pela nona para acompanhar a polenta...
Favas (leguminosa da minha infância que eu comia direto na horta, crua mesmo), com feijão carioca, couve e arroz.
Maionese vegana preparada pela sogra. Feijão vermelho com cebola, alho e batata salsa.
Doce vegano, bolo, preparado pela sogra.
Arroz com molho de espinafre, tomate, sálvia e outros temperos, preparados por mim.
Lentilha (a melhor que já comi) com maionese vegana (com cenoura, brócolis, azeitonas), preparada pelo marido.
Bananas da feira orgânica de lá.
Frutas da feira orgânica de lá.
Yacon (Smallanthus sonchifolius),  uma batata andina que pode-se comer crua. É semelhante ao gosto da maçã. Gostei muito. Pode-se cozinhar também.
Na próxima postagem falarei sobre a batata salsa, que também experimentei por lá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...