sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Um fanzine muito feminino - Interurbano a cobrar

É chamado Interurbano a cobrar. Gozando a vida. De uma menina chamada Cynthia Vasconcellos
Um dos fanzines mais lindos e originais do grupo de fanzines que meu marido me deu. Isso que ele me deu os que ele não queria mais... Raridades, poesia. Por onde será que anda a autora dessa obra de arte?
Lembrei mesmo da época que precisávamos ligar para um número (acho que era 107) do orelhão, para pedir uma ligação a cobrar. Amo telefones, orelhões, que aqui na minha cidade e região, estão depredados, pelo desprezo das pessoas que hoje são dependentes dos 'minutos livres' do celular.
Essa flor é daquelas que eu ganhava na escola quando tirava boas notas. Coisa de professoras mimosas. Era de molhar num pires com água. Nossa voltei no tempo...
A temática é a morte. O texto é belíssimo.
"O encontro com a morte limpou uma porção de teias de aranha. Coisas que outrora eram grandes problemas, agora não parecem tão importantes."

(essa eu amei: "só depois de ter formado o salto é que o acrobata viu que a picina estava vazia"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...